sábado, 28 de agosto de 2010

Prática de Formação Docente IV

Equipes:

*Dia: 09/09/10
- Mª de Lourdes e Mª Aparecida (Língua Portuguesa - produção de texto, gramática dentro do texto)
- Carine, Leiz e Hilmara (Matemática - Resolução de problemas, divisão de dois números)

*Dia: 13/09/10
- Débora, Fabiana e Renata (História - As formas de trabalho no Brasil, colônia até hoje - trabalho assalariado)

*Dia: 16/09/10
- Ana Maria, Danielle e Andréa (Geografia - Regiões)

- Fernanda, Micheline, Auanna e Luciana (Ciências - Corpo Humano, sistemas)

*Dia: 20/09/10
-

Projeto Laboratório Pedagógico

Hoje, no sábado letivo, a prof. Bete apresentou a proposta do Laboratório Pedagógico para as alunas do curso de Pedagogia. Esse projeto irá possibilitar nossa prática pedagógica e ampliar nossos conhecimentos.
A proposta do Laboratório pedagógico
lDisciplinas: Metodologias do Ensino / Prática de Formação Docente / Gestão na sala de aula

lPúblico Alvo: Alunos, técnicos, educadores e docentes do curso de Licenciatura em Pedagogia e demais licenciaturas, bem como alunos e professores de outras instituições com a finalidade de desenvolver atividades acadêmicas nas áreas de Metodologia de Ensino no Curso de Pedagogia .
Participantes
lAcadêmicos do Curso de Pedagogia, demais licenciaturas e interessados.
Horários de encontros
lUma vez na semana por 02 horas
Laboratório Pedagógico
lJustificativa: A importância de espaços onde a teoria não se limita as quatro paredes da sala de aula se justifica hoje, com base na necessidade de estarmos sempre na busca constante das verdades, que permeiam as relações humanas e as reais necessidades deste mesmo homem.
Objetivos específicos
lConstituir-se em um espaço de reflexão e produção de práticas pedagógicas envolvendo docentes e discentes , bem como profissionais ligados à educação da cidade.
l Tornar-se um espaço de intercâmbio com outras instituições educativas por meio de atividades integradas e articuladas a projetos e cursos de extensão, eventos acadêmicos, etc.
lProporcionar um espaço físico equipado e adequado à organização de acervo, bem como à realização de pesquisas de atualização, aperfeiçoamento, especialização e demais atividades de extensão.
lPossibilitar a construção dos jogos e refletir sobre sua devida utilização.
lFormatar e viabilizar cursos e oficinas de confecção de material didático pedagógico realçando sua aplicabilidade em sala de aula, para os alunos do curso de Pedagogia das Faculdades Integradas de Cataguases e professores da rede pública e privada da comunidade local e de outras que porventura vierem a se interessar.
lEstruturar o Laboratório de Práticas pedagógicas, privilegiando as propostas de Pesquisa, Ensino e Extensão das Faculdades Integradas de Cataguases.
lMediar e incentivar os alunos do curso de Pedagogia para o Exercício em Séries Iniciais do Ensino Fundamental, professores da rede pública e privada na construção do conhecimento teórico e da importância da vivência prática da sala de aula.
Desenvolvimento
lO Laboratório Pedagógico pretende constituir-se num rico suporte na formação profissional, cujo projeto, aplicado na forma de atividade de pesquisa, ensino e extensão, tem o objetivo de qualificar o futuro profissional da educação propiciando fortalecer seu embasamento pedagógico para que possam elaborar e implementar projetos adequados às necessidades de seus futuros alunos e também estabelecer um fluxo entre conhecimento acadêmico e popular, promovendo ações de estímulo ao desenvolvimento da sociedade.
lO Laboratório Pedagógico estimulará a reflexão sobre o exercício de ensinar, tendo como base autores renomados em alfabetização, teorias do desenvolvimento e o Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil (RCNEI )
lFreinet (aula passeio, texto livre, jornais)

Freinet
l04 eixos: cooperação para construir o conhecimento comunitária
lA comunicação: formalizá-lo, transmiti-lo e divulgá-lo
lA documentação: chamado livro da vida

para registros diários de fatos históricos

lAfetividade: vínculo entre as pessoas e delas com o conhecimento

Desenvolvimento
·Constituído como um canal de diálogo no espaço das FIC com as demais instituições , favorecerá a criação de momentos e espaços de trabalho conjunto, interdisciplinar e intra-institucional.

A história social da infância
lSociedade tradicional = A infância era reduzida ao seu período mais frágil
l“A criança aprendia coisas que devia saber ajudando os adultos a fazê-las”
lHavia uma paparicação para os muito pequenos. Morte era muito comum.Uma outra criança a substituia
lA criança permanecia no anonimato
lRousseau “descobre” e valoriza a infância
lDeixa de se vestir como adulto e brinca com cavalinhos de pau, piões e passarinhos
lSociedade industrial = a escola subltituiu a aprendizagem como meio de educação
O Brincar
lNão se pode dizer que o brincar leva a qualquer tipo de aprendizagem. Brincar é diferente de aprender. O brincar é importante por duas razões: para a criança, o brincar é importante para a expressão de seus interesses e a comunicação com outros e, para o adulto, o brincar é importante para observar o objeto ou situação de interesse da criança e, posteriormente, planejar atividades que de fato representem situações que envolvem a criança.
Aprender brincando
lQuando a criança aprende pelo brincar?
lTMK – Quando, por exemplo, pula corda e aprende diferentes formas de fazê-lo, quando pula junto com outra criança ou pula no ritmo de cantigas. Nesse processo pode aprender inúmeras habilidades inerentes à própria brincadeira. Pode aprender, também, quando experimenta novas regras na brincadeira com outras crianças.
O brinquedo simbólico
lO brincar é importante para a criança expressar significações simbólicas. Pelo brincar a criança aprende a simbolizar. Ao assumir papéis, ao usar objetos com outras finalidades para expressar significações, a criança entra no processo simbólico. O brincar auxilia o desenvolvimento simbólico. Mas não se trata de entender o símbolo como exercício ou cópia de letras e números em práticas de uso do brinquedo no ensino formal. A criança, ao brincar de fazer compras no mercado, desenvolve a linguagem verbal e quando dispõe de um ambiente preparado, com embalagens de caixas de mantimentos, refrigerantes com rótulos que indicam o nome dos produtos, e utiliza dinheiro que constrói como moeda de troca, vai penetrando no mundo letrado e gradativamente avançando no processo de simbolização, conhecido como emergência, no letramento.
Aprendizagem
lAprendizagem ocorre também quando a criança no brincar, aprende o roteiro ou guia que subsidia a brincadeira. Para brincar de casinha, é preciso que os parceiros saibam definir os personagens, o que cada um vai fazer, qual cenário deve ser utilizado. Para qualquer brincadeira imaginária as crianças utilizam guias que lhes permitem compartilhar temas, personagens e sequências de ações. A aprendizagem desses guias implica na capacidade de “leitura da mente do outro”, a entrada na subjetividade do outro e atenção para a sequência das ações que complementam o brincar coletivo.
O brinquedo
lHá teorias como a piagetiana, que correlaciona a fase do desenvolvimento ao tipo de jogo. Dessa forma, há jogos para a fase senso-motora que estimulam o movimento (carrinhos para puxar, chocalhos); para a fase simbólica, os brinquedos que se relacionam com o desenvolvimento simbólico, incluindo aspectos da afetividade (bonecas, bichinhos de pelúcia,) e objetos do mundo tecnológico (geladeira, computador); para a fase operatória, os brinquedos que possibilitam agir para ver os resultados, como os jogos de tabuleiro. Há ainda jogos que despertam a vertente social, como os jogos de sociedade, em que se brinca junto e se partilha situações postas pelo jogo, e os jogos de construção, que levam a criança a construir desde um bolo de areia até um avião com detalhes de aerodinâmica. Em cada uma dessas modalidades a criança aprende ao agir sobre o objeto, produzindo cultura lúdica.
Matemática
lManipulando e brincando com materiais como bola, cubo e cilindro montando e desmontando cubos e cilindros, a criança estabelece relações matemáticas e adquire noções primárias de física e metafísica
Excessos
l“Se quisermos aproveitar o potencial do jogo como recurso para o desenvolvimento infantil, não poderemos contrariar sua natureza, que requer a busca do prazer, a alegria, a exploração livre e o não constrangimento”.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Vamos ao Teatro???



(clique para ampliar o folder)

O nosso prof. de IPD - Introdução ao Processo Dissertativo, Humberto Mendonça, foi muito atencioso nos oferecendo ingressos para o espetáculo "DOLORES".
Nossa turma agradece ...
video

AVISO:
Meninas, nossa representante de turma, Fabiana, foi até a casa da Prof. Ana Paula (irmã do nosso prof. Humberto) e recebeu a notícia de que infelizmente os ingressos estão esgotados devido a solicitação de cortesias pelas empresas patrocinadoras !
Quem sabe da próxima vez !!!!

Esse evento está sendo realizado pela Casa de Cultura Simão.
Acessem o site:

Haverá em Setembro algumas oficinas gratuitas:
*Oficina Conta Contos
Dias 17,18 e 19 de setembro.
Inscrições até 03 de setembro.

*Apresentação Tecnica de Narração de Contos
Dia 18/09
Local: Casa de Cultura Simão

*email para contato:
fundacao@fundacaosimao.com.br

Nosso 1º sábado letivo



No próximo dia 28/08/2010 acontecerá nosso 1º sábado letivo com a aula da professora Bete .

Começa a Pós-Graduação em Educação Inclusiva

No dia 14 de agosto, o Departamento de Educação das Faculdades Integradas de Cataguases deram início ao Curso de Pós-Graduação em Educação Inclusiva.


Abaixo, algumas informações importantes sobre o curso:

*PÚBLICO ALVO:

Professores que já atuam na educação especial, professores de educação infantil, ensinos fundamental e médio, pedagogos, fonoaudiólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais e demais áreas afins.


*OBJETIVOS:

Capacitar profissionais para atuar na área de educação especial, aptos para atender, de forma diferenciada, aos alunos com necessidades educativas especiais;
Oferecer fundamentação teórica para desenvolver a educação inclusiva em contextos regulares e especiais;
Possibilitar aos educadores e demais profissionais interessados o desenvolvimento de competências para identificar, definir, implementar, liderar e apoiar as estratégias necessárias para as práticas pedagógicas com alunos com necessidades educativas especiais.

*ESTRUTURA DO CURSO:

Educação Inclusiva: legislação e políticas públicas;

Psicopatologia da Infância e da Adolescência;
Questões de aprendizagem: dificuldades na linguagem oral e escrita;
Didática do Ensino Superior
Metodologia Científica;
Novas tecnologias aplicadas à educação especial;
Deficiência Física;
Deficiência Auditiva;
Deficiência Visual;
Deficiência Intelectual;
Altas Habilidades;
Educação na diversidade: necessidades educativas especiais no contexto regular.


"Na escola inclusiva professores e alunos aprendem uma lição que a vida dificilmente ensina: respeitar as diferenças. Esse é o primeiro passo para construir uma sociedade mais justa."

Maria Teresa Égler Mantoan


As matrículas ainda estão abertas. Procure-nos na Faculdade e agende um horário para refazer a aula inaugural.

Festa do curso de Geografia

(clique para ampliar o folder)

Nossa rifa corre amanhã!!!!


Você já comprou o seu bilhete???
Ainda temos rifa para vender....
O sorteio será amanhã e são "DOIS" premios... é imperdível

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2010


Tema: Autogestão e Autodefensores: Conquistando caminhos para ser e conviver.

Durante essa Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2010 a APAE Cataguases está promovendo nas dependências das FIC o Curso de Deficiência Mental/Intelectual realizado pela CTE - Belo Horizonte MG. Os alunos são professores, técnicos e funcionários da APAE Cataguases.
Entre eles temos as alunas do 6º período de Pedagogia, Renata e Arethuza, do 4º período de Pedagogia, Lourdes e Fabiana, e do 2º período de Pedagogia, Cintia.

Gentileza gera gentileza...

O Colégio Aplicação, fundado pelas FIC, em parceria com a Cia Energisa está promovendo o movimento "Gentileza gera gentileza".

(clique para ampliar o folder)

Olha que legal para blogs o Selo Gentileza gera Gentileza.
Se gostarem, passem adiante, por favor.
Onde encontrar o código da imagem:

domingo, 8 de agosto de 2010

Aula de estágio



No dia 06/08 tivemos a 1ª aula de estágio com a prof. Paula Todesco, no 4º e 5º horário.
Ela nos passou novas orientações, fez um caderno de estagio para cada aluna. Falou sobre elaboração e desenvolvimento de projetos dentro de sala. Quem não participar das aulas e desenvolvimento dentro de sala, ela já avisou que não irá assinar o estágio.

*****************************************************
Cia Candongas apresenta o Espetáculo Teatral
" AS GRANDES LONAS DO CÉU"
No dia 21 de agosto, às 19 horas
Instituto Francisca de Souza Peixoto
(clique para ampliar o folder)

Roda Cultural

No dia 06/08 o Prof. Haroldo promoveu uma "Roda Cultural" e o assunto chave é o Ensino/Aprendizagem de Artes na educação.
Veja fotos
:



*****************************
Está chegando...

Quem pegou o chapéu do Saci???

Na primeira aula da professora Edleusa, dia 05/08, ela contou uma história usando marionetes. "Quem pegou o chapéu do saci?" levanta a suspeita de que qualquer personagem do folclore poderia ter pego o gorro do Pererê.


OS SUSPEITOS:

Caipora.

Curupira


Bruxa

Alamoa

Iara

Lobisomen


Negro d'agua


Negrinho pastoreiro


Mula sem cabeça

QUEM SERÁ QUE PEGOU O GORRO DO SACI ?????
PS: Foi o Curupira, para se defender do Caipora na floresta.

Nº 04 - JORNAL DA FIC

Essa semana já está circulando a edição nº4 do "Jornal da FIC", informativo oficial das Faculdades Integradas de Cataguases. Pegue o seu exemplar na secretaria da faculdade.

Habilitadas...


Gostaria de parabelizar nossas amigas Patricia e Filomena, que nas férias tiraram carteira de moto... agora estão habilitadas!!!!!!!! Parabéns meninas....

"Pedagoga Maravilha"

Mais uma arte BY KIKA:

Fundo de Formatura


Só para lembrar: o valor do fundo de formatura aumenta a cada período, e neste 4º período o valor é de 20,00 reais.

Convite de casamento

Meninas, nossa amiga Leiz trouxe seu
convite de casamento para a turma.
Dia 18 de setembro, às 20:30 horas,
na cidade de Dona Euzébia - MG.

*CLIQUE PARA AMPLIAR*

Homenagem ao 4º período Pedagogia

No dia 04/08 durante a aula da professora Bete, as alunas Leiz, Hilmara (Mara) e Fabiana (Kika) prepararam uma homenagem para a turma de pedagogia 2009/2012. Foi muito emocionante!
Elas fizeram a leitura do poema de Veronica Shoffstall:

*Depois de algum tempo
“Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoa-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que leva-se anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distancias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem da vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendermos que os amigos mudam, perceber que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas que você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa – por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pois pode ser a última vez que as vejamos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nos somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa aonde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.
Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida”!
“Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar”.


E cantaram uma capela da música "Se Tu Quiseres Crer" de Robinson Monteiro:
Muitos vão orar
E querem encontrar alguém
Que garanta ao máximo
A paz nos corações
Não há o que temer
Embora o medo existe em nós
Mas a fé nos faz mover
Montanhas, com poder
Pode um milagre enfim acontecer

Quando você acreditar
A esperança em ti ninguém jamais
Irá matar, depende só
Se tu quiseres crer
O medo acabou

Pois ele agia sempre em vão
A esperança em ti fará aos ares flutuar
Não posso explicar
O que o coração de alguém
Sente quando encontra a paz
E a fé para ir além
Pode um milagre enfim acontecer

Quando você acreditar
A esperança em ti ninguém jamais
Irá matar, depende só
Se tu quiseres crer

PS:A homenagem agradou tanto que a professora Paula Todesco solicitou a mesma apresentação na sala do 2ºperíodo de Pedagogia.
Muito legal meninas, parabéns!!!!

Seja bem vinda novamente...


Dia 03/08 nossa querida amiga Ìsis Carolina retornou a sala de muletas e tudo!!! Com novo visual, ela veio matar a saudades da turma.
Para o dia 04/08 já estava marcada nova cirurgia para a retirada de um dos 7 parafusos do pé direito.
Amiga, fica boa logo e folta pra facul... a sala não é a mesma sem você!!!!

Representante de turma

Na terça feira, dia 03/08, a nossa amiga Jussara entregou o cargo de Representante da turma. Fabiana que é a vice assume o cargo de representante. Será feita uma votação dentro de sala, no momento as indicadas são Leiz e Hilmara, se houver mais alunas interessadas favor procurar a Kika.